Publicado por: Pedro Martins | 26 de Maio de 2011

Características da Costa Portuguesa

Em geografia, a costa ou orla é a linha que separa o mar da terra

Portugal possui uma linha de costa de 2.830 km, sendo 942 km parte do território Continental, 667 km nos Açores, 250 km na Madeira onde incluem também as Ilhas Desertas, as Ilhas Selvagens e a Ilha de Porto Santo. A linha de costa é caracterizada pelas suas belas paisagens. Não existem acidentes litorais que constituam bons abrigos para portos, por isso, eles vão aparecer na foz dos rios, aproveitando o assoreamento. (dificuldades para as embarcações de maior dimensão).

Portugal é detentor da 11º maior Zona Económica Exclusiva do Mundo, a maior da União Europeia. Com cerca de 1656 000 km2, esta ZEE tende em aumentar futuramente caso consigamos aumentar a nossa plataforma continental o que nos pode trazer grandes novidades na exploração do pescado, mas, este futuro aumento, irá levar-nos a ter uma maior dificuldade de a proteger devido às suas grandes dimensões.

A plataforma continental de Portugal tem cerca de 20.141 km2, e situa-se numa zona de transição para ecossistemas mais quentes o que leva a temos uma grande diversidade de pescado, mas baixa abundância. Assim, apesar de constituir apenas 10% da superfície oceânica, concentra cerca de 80% das espécies piscícolas capturadas pelo Homem.

É nas plataformas continentais onde existe maior quantidade e variedade de fauna marinha, devido a conjugação das seguintes condições:

– Pouca profundidade (maior penetração da luz);

– Abundância de oxigénio devido à agitação das águas (ondulação);

– Baixo teor em sal, devido às águas dos rios e ainda à agitação das águas;

– Águas ricas em nutrientes: formação de plâncton é favorecida pela matéria orgânica transportada pelos rios.

A costa portuguesa é predominantemente de arriba, quer sejam vivas, quer mortas ou fósseis. Nos arquipélagos da Madeira e dos Açores, dada à sua natureza vulcânica, cerca de 98% da costa é de arriba, apesar de existirem pequenas praias de areias negras e grandes pedras de basalto (fajãs), esta excepção da costa de arriba localiza-se na ilha de Porto Santo, no arquipélago da Madeira.

Uma característica importante na costa portuguesa são os nossos principais (importância) acidentes, destes se destacam:

Os estuários do Tejo e do Sado são os mais importantes devido à sua dimensão, que permitiu o desenvolvimento das actividades portuárias; devido a sua humidade e riqueza ecológica; devido a sua capacidade para limpar poluentes, contribuindo para a melhor qualidade da água.

O lido de Faro (Ria Formosa) e a Ria de Aveiro têm uma grande importância, pela sua riqueza, pela variedade dos recursos disponíveis e pelas actividades que permitem desenvolver e pelos ecossistemas que servem de habitat a várias espécies de fauna e flora.

Os principais portos de Portugal Continental são os seguintes (de Norte para Sul): Porto de Viana do Castelo, Porto de Leixões, Porto de Aveiro, Porto da Figueira da Foz, Porto de Peniche, Porto de Lisboa, Porto de Cascais, Porto de Sesimbra, Porto de Setúbal, Porto de Sines, Porto de Lagos, Porto de Faro e Porto de Vila Real de Santo António.

A maior parte destes portos encontram-se muito antigos, com embarcações obsoletas e com uma taxa de actividade muito envelhecida. Problemas que eu irei discutir na defesa da minha ideia para mudar o mar português de forma a poder ser bem aproveitado.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: